sexta-feira, 2 de março de 2007

Pequenas coisas, pequenos prazeres

A maior parte das vezes não vivemos o presente. Vivemos com a mente no futuro ou no passado. E o cérebro não distingue entre passado e presente. Quando trazemos algo negativo à mente, tornamos a vivê-lo uma e outra vez. Devemos desfrutar de cada dia e aprender a dar valor a tudo o que temos: uma cama para dormir, um duche quente para nos lavarmos, um café para saborearmos. Se não soubermos apreciar as pequenas coisas, acabamos sem nada.

Reyes, Maria Jesus
25 Agosto 2006

4 comentários:

impressaodigital disse...

não podia concordar mais...
Mas se o passado é lição, o futuro é sonho, e o presente construção...

Peter Pan disse...

Hmmm... Soa-me estranho!

Anônimo disse...

This post has been removed by a blog administrator.

Anônimo disse...

This post has been removed by a blog administrator.

Visitantes: